quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Figueirense e Náutico perdem e são eliminados da Copa do Brasil

Agência Gazeta Press

O Figueirense foi vítima do novo e perverso regulamento da Copa do Brasil. Na noite desta quarta-feira, a equipe catarinense foi ao Acre e acabou derrotada pelo Rio Branco, por 1 a 0, dando adeus à competição nacional logo em sua primeira fase, que agora é disputada em jogo único.

Os visitantes foram melhores durante boa parte do primeiro tempo, mas não conseguiram transformar em gols as chances criadas. Na segunda etapa, o Figueirense tentou administrar o resultado, tática que se mostraria trágica aos 36 minutos, quando o zagueiro Léo Fernandes testou firme para abrir o placar para o time da casa, fazendo a festa da torcida na Arena da Floresta.
Com o resultado, a agremiação acriana se credenciou para enfrentar o Gurupi, que despachou o Londrina ao vencer o time paranaense por 2 a 1. Os tocantinenses atuarão como mandantes - na segunda fase, o empate provoca a disputa por pênaltis.
Já o Figueirense volta suas atenções para o Campeonato Catarinense, pelo qual entra em campo neste domingo, às 17 horas (de Brasília), para enfrentar a Chapecoense, na Arena Condá, pela sexta rodada.
Náutico tropeça
Outro time que se despediu da Copa do Brasil foi o Náutico. Os pernambucanos não foram páreo para os cearenses do Guarani de Juazeiro, que venceu por 1 a 0 atuando em sua casa, no Estádio Romeirão. Italo foi o herói da classificação, marcando o único gol da partida aos oito minutos do segundo tempo.
Agora, o Guarani de Juazeiro irá encarar o Sampaio Corrêa, no Maranhão, pela segunda fase. As datas dos confrontos ainda serão divulgadas pela organizadora do torneio.
O Náutico, por sua vez, buscará se reabilitar na próxima segunda-feira, quando enfrentará o Belo Jardim, às 20h30, no Arruda, pela quarta rodada do Hexagonal do Título do Campeonato Pernambucano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário